facebook.com/monica.sampaio1 (perfil 1)

terça-feira, 3 de setembro de 2013

DE ONDE VINHA AQUELE TRIGO?



Aquilo que me fez falta por tanto tempo está para chegar!

Embora NADA demontre que a situação será modificada, há uma voz profética neste lugar que declara, não o que eu vejo, mas O QUE DEUS VÊ. Basta isso para mim.

"Então disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque RUÍDO HÁ DUMA ABUNDANTE CHUVA." - 1 Reis 18:41



"Enviou Sua Palavra e os sarou; e os livrou da sua destruição." Salmo 107-29



#ÉDESSEJEITO


O início da história está no capítulo 17, verso 1, do primeiro livro dos Reis, na Bíblia Sagrada, quando o profeta Elias vai ao rei de Israel, Acabe, e profetiza que não vai haver chuva.

E não houve. O que foi uma desmoralização para o "deus" que aquele povo rebelde estava servindo, Baal, pois acreditavam que ele era o responsável pela fertilidade da terra e pela produtividade dos animais, e portanto, o detentor da chave das águas da chuva.

Deus sabia que Elias seria responsabilizado e por isso mandou-o se esconder.
O profeta passou por este "estreito", não por ter aborrecido a um "deus" sem poder algum; mas, para estreitar seu relacionamento com Deus, o Senhor, o Todo-poderoso.

Neste período de sêca, o profeta sofreu as consequências como toda a população de Israel. Quando profetizou que ia faltar chuva na terra, faltou para ele também.

A maior parte das pessoas, após fazer sua opção por Cristo, experimenta um período de "sêca", no qual nada prospera, ao contrário: várias coisas vão morrendo. Desde negócios a amizades, passando por hábitos, tradições e até vícios.

A "falta de chuvas" em sua vida vai causando tanto estrago, que as pessoas começam a abandoná-lo, achando que Deus não é contigo, que você está fanático e coisa e tal.

Chega a tal ponto o seu insucesso, as suas infrutíferas tentativas para prosperar - pelo menos naquilo em que, outrora era bom, poxa! - que a própria pessoa começa a ter momentos de desânimo, e por vezes, desenvolvem a depressão.

Quando o profeta profetizou a suspensão de chuva, cerrou o céu para ele também! Porém, não lhe faltou água, pão com carne - num primeiro momento -, nem azeite, e nem farinha. Ora, se não havia chuva para regar a terra, de onde vinham as azeitonas para o azeite, e de onde vinha o trigo para a farinha?



A PROVISÃO SOBRENATURAL DE DEUS


Vinha dAquele que tem guardado a provisão para os que o obedecem.
Veio dAquele que traz à existência aquilo que simplesmente não existe na terra.

No caminho de Deus há provisão.
Ele tem aonde ninguém vê, ninguém sabe, mas o manifesta no Seu tempo certo.
E o profeta estava no caminho.

Mesmo quando o caminho parece uma loucura, quando todos ao redor não acreditam mais em você e te deixam por último, sozinho, para "apagar a luz", mesmo assim, HÁ PROVISÃO DE DEUS para você.

A VISÃO é acompanhada pela PRÓ-VISÃO.

O Senhor dos Exércitos deixa tudo muito bem organizado para os tempos de guerra.
E para os tempos de paz também.


ESTÁ VINDO ABUNDANTE CHUVA!

Aquilo que te fez falta e que você está esperando há tanto tempo ESTÁ PARA CHEGAR

Chegou para Elias e para todo o povo de Israel, após três anos e meio de espera, de fome, de miséria, de morte.

Elias viveu os dias da sêca que profetizou, mas também viveu os dias da fartura da chuva.


ACABOU A SÊCA!

Hoje é o seu tempo de sair da sêca. As chuvas de bênçãos chegaram para você.

Você não vê?
Não precisa ver.
Apenas acredite.

Há ruído de abundante chuva vindo por aí.
E eu tenho certeza que ouvirei testemunhos sobre esta PALAVRA PROFÉTICA.
E você, com certeza, ouvirá o MEU TESTEMUNHO.

Te vejo na CHUVA!